img2-destacada

Sobre o INESC P&D Brasil >

Organograma

organograma

ESTRUTURA ORGANIZATIVA DO INESC P&D BRASIL

ASSEMBLEIA GERAL: Órgão estatutário de direção estratégica e de fiscalização, responsável pela definição das linhas orientadoras da atividade do INESC P&D Brasil, que, por sua iniciativa ou sob proposta pode criar outros órgãos de natureza consultiva, definindo-lhes a composição e competências.

DIREÇÃO: Órgão estatutário o qual compete exercer todos os poderes necessários à boa condução da gestão das atividades do INESC P&D Brasil e da Rede INESC Brasil.

CONSELHO FISCAL: Órgão estatutário, ao qual compete examinar e fiscalizar as contas do INESC P&D Brasil e apresentar o respectivo relatório à Assembleia Geral.

CONSELHO CIENTÍFICO: Órgão estatutário com competências de acompanhamento e orientação das atividades de caráter científico e técnico. Órgão de caráter consultivo composto por um número de doutores que representem as áreas científicas do INESC P&D Brasil, segundo critério a submeter à Assembleia Geral pela Direção. É acompanhado pela Comissão de acompanhamento científico.

SERVIÇOS DE APOIO: Estrutura polivalente e pluridisciplinar, que reúne a maioria das funções de apoio administrativo e algumas de apoio especializado, nomeadamente: serviços de contabilidade, tesouraria, aquisição de bens e serviços, faturação; gestão financeira; gestão de imobilizado; informação de gestão; planejamento e controle orçamental; serviços de recursos humanos; serviços jurídicos; serviços de gestão administrativa e financeira de projetos; serviços de assessoria e coordenação do secretariado das áreas, das reuniões do Conselho das Unidades, Direção e Assembleia Geral.

ÁREAS DE PESQUISA E ÁREAS NEGÓCIO (AP & AN): Órgãos não estatutários, caracterizados pela sua informalidade e pela discussão aberta e preparação de decisões da Direção sobre questões essenciais do funcionamento do INESC P&D Brasil, Controle Orçamental, Tesouraria, Normas e Procedimentos, Assuntos de Carácter Institucional, Investimentos, Novos Projetos, entre outros. Dele fazem parte as seguintes áreas produtivas: Robótica e Sensores, Comunicação e Informação, Energia e Produção, Ambiente e Saúde; Energia Elétrica, Petróleos, Ambiente e Mar, Indústria e Gestão, Gestão da Inovação.